segunda-feira, 29 de maio de 2006

Bolonha

Dia 5 de Junho pelas 14 horas irá realizar-se na sala EE0.19 uma sessão de esclarecimento sobre a transiçao para o novo plano de curso. Sendo um assunto de máxima importância para todos os alunos contamos com a tua presença.

8 comentários:

Alguém atento disse...

A meu ver esta
sessão de esclarecimento já deveria ter acontecido e mais vezes. Acho que o nosso departamento está a adoptar a política do "laissez faire" face a Bolonha. Nesta altura do campeonato, nós os alunos deveríamos estar bem mais esclarecidos.
Acho tb que os professores se preocupam mais com as suas possíveis progressões nas carreiras do que com os alunos.
Não se esqueçam que somos nós quem lhes paga os ordenados.

Anónimo disse...

A própria sessão vai acontecer sem estar aprovada a restruturação que, se não estou em erro será julgada dia 11 deste mês. Se já tivesses perguntado a qualquer docente, provavelmente ouvirias um "Epá, nem nós sabemos.". Mas se te indigna essa falta de informação, é só contactares o NEP e/ou os delegados (para já nem falar dos próprios docentes - nem todos são bichos-do-buraco :D), porque afinal existem para algo.
Já agora, a progressão das suas carreiras está ligada aos alunos, pois estes avaliam-nos e, também são necessários para que certas cadeiras permaneçam activas. Por exemplo, as opções do 4º e 5º ano.
Relativamente aos ordenados, é verdade. Como também é verdade que as propinas que se pagam não cobrem totalmente os gastos tidos connosco. Como já se sabe, a maioria dos alunos não se preocupa em acabar o curso a tempo e horas, de modo a evitar gastos desnecessários.

aluno preocupado disse...

Nós só não acabamos o curso a tempo e horas, porque não é que não queirámos, mas sim porque existem certos professores (nem todos!!!) que, até sabem muito sobre polímeros, não duvido, mas só se interessam pela investigação, porque dar aulas não é para eles, e quem sai prejudicado com isto tudo são os alunos!! E para não falar daqueles casos em que os professores só vão com as caras de alguns alunos...

alguém atento disse...

Antes de mais gostava de lhe agradecer por ter dado importância ao comentário de um aluno. Possivelmente estaremos perante um bom professor.
Aproveitando o facto de que pelo menos um professor lê o que escrevo, vou continuar com a minha indignação.
Os professores até ao 12º ano têm formação pedagógica, o que não acontece com os professores do ensino superior. Alguns deles nunca deveriam ter saído do laboratório.
Em relação ao nosso departamento; temos professores analógicos e adoradores do papel que teimam em não colocar apontamentos na net.
Outro(s) que não falam a língua de Camões, ou nem sequer a língua de Petit (jogador do Benfica).
Há também o chamado professor "médico de família" que sem perceber muito de nenhuma cadeira, lecciona 3, o que é completamente contraproducente.
Mas na minha opinião o grande problema é vocês serem mais avaliados pela investigação que fazem do que pela forma como ensinam. O que os faz descurar o ensino.
Como uma espécie de conclusão da minha indignação deixo dois conselhos:
1º Sejam mais cuidadosos na escolha de um professor.
2º Certifiquem-se de que ele faz o seu trabalho.

Com maus professores provavelmente seremos maus engenheiros.

Anónimo disse...

Não discordo que haja docentes que para explicar.....se esquecem de metade (ou mais) do português nas outras calças. Agora no DEP, à excepção de um caso ou outro não vejo grandes motivos de queixa de falta de empenho, embora os haja. :D

Relativamente a não se acabar o curso a horas por esse motivo, não conheço alguém empenhado que não se safe bem, embora possam sofrer um percalço ou outro.

Em "ir com a cara de alguns" parece-me que o contrário acontece mais, o que não facilita as relações. Se há mais empatia com uns do que com outros é normal. Também não conversarias melhor com alguém que partilhasse os teus interesses?

Se alguma coisa está mal toca a usar os orgãos para isso. Como foi dito antes, os delegados são mais do que pessoas a colocar fotocópias na reprografia existindo para algo. O NEP também.

Já que há tanto interesse dos alunos para com o curso, espero que haja uma maioria nessa reunião de elucidação sobre as disciplinas dos próximos anos.

Tenho dito. Sempre quis dizer isto! :D

alguém atento disse...

Acho que já fiz passar a minha mensagem, agora tudo o que disser soará a quezília entre duas comadres zangadas por causas das couves.
É útil discutirmos ideias, mas também é óbvio que não é o senhor o alvo das minhas insinuações. Pus-me a tentar adivinhar e acho que sei de quem se trata. Se estou certo, desejo-lhe que continue com o bom trabalho.

PS: Gostei da sua escrita, é fluida e plena de juventude.

Anónimo disse...

Demorou, mas "Bolonha" já foi aprovada para o nosso curso.

Anónimo disse...

agora é que vão ser elas. isto vai ser uma confusão durante algum tempo, as equivalência,o novo metodo de ensino.temos de nos preparar colegas, vêm aí tempos dificeis